JANEIRO BRANCO: MÊS DA SAÚDE MENTAL, SAÚDE MENTAL SEMPRE

Recebi este GIF via Whatsapp, espero que funcione na sua mídia
Falar de saúde mental é compreender que esta é, sem medo de ser audaciosa em minha posição, o território, o recurso natural, a tecnologia mais valiosa da existência que cabe ao ser humano explorar. Como ainda somos estrangeiros dentro de nós mesmos, apesar dos  importantes avanços que somos capazes de criar. 

As perspectivas de crescimento dos transtornos mentais e seus inegáveis danos à saúde e à produtividade por cada vez mais incapacitarem ao trabalho e ao desfrutar da vida, torna-se cada vez mais algo que não mais pode ser ignorado, daí a iniciativa de transformar o mês de Janeiro no mês da Saúde Mental -  JANEIRO BRANCO.

Em muitas ocasiões o PSICOLOGIA EM FOCO falou sobre o quanto se tornou insustentável manter a separação corpo e alma - O penso, logo existo de Descartes, somado a todos os pensadores que forjaram a estrutura e o funcionamento do Ocidente, tem se mostrado ineficaz ao longo dos anos para dar conta da comp…

ENSINO COLABORATIVO E INOVADOR




Entrevista: Felipe Anghinoni
Sócio da Perestroika
É um dos fundadores da escola da atividades criativas, com sede em Porto Alegre e filiais no Rio e em São Paulo. www.iscola.cc

Uma nova plataforma on-line de ensino colaborativo chega ao Brasil para conectar pessoas que desejem ensinar e aprender sobre qualquer assunto, desde de história da arte e química até gastronomia e técnica de assobio. Criada pela Perestroika, escola de atividades criativas, em parceria com a empresa de comunicação W3Hauss, a Iscola.cc é uma ferramenta gratuita que orienta de forma simples "alunos" e "professores" a postarem suas duvidas e ensinamentos.

Em que esta ferramenta se diferencia como método de ensino?
Acho que se diferencia por colocar as pessoas em contato. Muitas ferramentas servem de repositório de informações e conteúdo, o que é genial. Mas não aproxima as pessoas e não gera o vínculo humano, o que nos parece um produto residual muito poderoso da aprendizagem.

A plataforma pode estimular a criatividade de quem a usa para divulgar seus conhecimentos?
Acredito que esse seja um efeito colateral bem-vindo. Como professor, sei bem como o processo de se preparar para transmitir uma informação e conhecimento ajuda o organizador desse conteúdo entendê-lo melhor. E como nos deparamos com formatos muito inventivos para tornar aquele pedaço de informação inteligível e didático.

Como a Iscola.cc pode fomentar a educação de forma inovadora?
Ligando qualquer pessoa, que queira aprender uma coisa, a outra louca para ensinar isso. É simples.