Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2009

O CONSULTOR EXTERNO

O CONSULTOR EXTERNO: "O RH DO RH"?
Quando profissionais do setor de recursos humanos (RH) estão propensos a repensar sua carreira, insatisfeitos com o clima da equipe ou com a chefia, quem eles procuram? Afinal quem faz o papel do RH do RH? O Boa Chance foi investigar essa questão e descobriu que sem terem a quem recorrer, esses profissionais começam a contratar o serviço de coaching, inicialmente pra reavaliar o seu papel. É um processo em que um consultor orienta a pessoa para alcançar os seus objetivos.

MOTIVAÇÃO EM TEMPOS RUINS

Todos que trabalham ou trabalharam em empresas que já tiveram que demitir, conhecem os rumores que antecedem aos cortes e sabem como fica o clima depois. E, em tempos de crise, isso se amplifica. Por isso, mesmo tendo que reduzir despesas, as companhias estão investindo em soluções econômicas para manter os funcionários motivados. Afinal, num ambiente mais competitivo, são as pessoas e suas ideias que fazem a diferença.
O VALOR DA COMUNICAÇÃO INTERNA: UM DESAFIO No rol das medidas adotadas para levantar o astral da equipe, destacam-se o reforço da comunicação interna, programas de reconhecimento de talento e até ações que contribuam para diminuir os efeitos da crise, como pacotes de contenção de despesas, que fazem o funcionário se sentir valorizado e/ou desafiado a ajudar. Projetos simples e baratos de serem implementados. Ana Guedes, que tem uma agência especializada em endomarketing, a Zelig, nota que desde setembro, há uma demanda maior de empresas preocupadas com o clima organizacio…

PAIS E FILHOS

UMA HISTÓRIA PESSOALSou uma mulher sem filhos. Posso dizer o que é ser filha. Ser filha é ter com os pais momentos bons e outros nada bons.

Esta conclusão, fruto de minha história pessoal, me faz crer que quando uma mulher descobre sua gravidez e o homem sabe que vai ser pai, este sentimento de amor materno e paterno pode ser cheio de altos e baixos, não é automático. Neste longo caminho entre a concepção e a educação do filho vários sentimentos bons e ruins podem ser vividos, por vários motivos.
PAI E MÃE: FUNÇÃO QUE SE INICIA QUANDO NAS O FILHO (A)Pode ser que alguns pais ao ouvirem as constantes mensagens que convidam à abnegação e a tantos sentimentos nobres frequentemente relacionadas à maternidade e paternidade (mais à maternidade) digam para si mesmos que não conseguem fazer tudo o que é recomendado pelos estudiosos do setor.


PAIS E FILHOS: IDEALIZAÇÕES Vocês, pais devem em sua história individual ter passado por muitas dificuldades e ter tido sentimentos bons e ruins pelo seu fi…