Pular para o conteúdo principal

DISCLAIMER


Política de privacidade para Psicologia em Foco


Todas as suas informações pessoais recolhidas, serão usadas para o ajudar a tornar a sua visita no nosso site o mais produtiva e agradável possível.

A garantia da confidencialidade dos dados pessoais dos utilizadores do nosso site é importante para o Psicologia em Foco.

Todas as informações pessoais relativas a membros, assinantes, clientes ou visitantes que usem o Psicologia em Foco serão tratadas em concordância com a Lei da Proteção de Dados Pessoais de 26 de outubro de 1998 (Lei n.º 67/98).

A informação pessoal recolhida pode incluir o seu nome, e-mail, número de telefone fixo e/ou celular e/ou outros.

O uso do Psicologia em Foco pressupõe a aceitação deste Acordo de privacidade. A equipe do Psicologia em Foco reserva-se ao direito de alterar este acordo sem aviso prévio. Deste modo, recomendamos que consulte a nossa política de privacidade com regularidade de forma a estar sempre atualizado.
Os anúncios

Como é possível observar, ainda não exibimos anúncios, mas é possível que em algum momento isto ocorra. Deste modo previamente informamos: Tal como outros websites, coletamos e utilizamos informação contida nos anúncios. A informação contida nos anúncios, inclui o seu endereço IP (Internet Protocol), o seu ISP (Internet Service Provider, como o Sapo, Clix, ou outro), o browser que utilizou ao visitar o nosso website (como o Internet Explorer ou o Firefox), o tempo da sua visita e que páginas visitou dentro do nosso website.

Os Cookies e Web Beacons


Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoas quando visita o nosso website. Isto poderá incluir um simples popup, ou uma ligação em vários serviços que providenciamos, tais como fóruns.

Em adição também utilizamos publicidade de terceiros no nosso website para suportar os custos de manutenção, quando no futuro optarmos pelo uso de um domínio próprio. Alguns destes publicitários, poderão utilizar tecnologias como os cookies e/ou web beacons quando publicitam no nosso website, o que fará com que esses publicitários (como o Google através do Google AdSense) também recebam a sua informação pessoal, como o endereço IP, o seu ISP, o seu browser, etc. Esta função é geralmente utilizada para geotargeting (mostrar publicidade do Brasil apenas aos leitores oriundos do Brasil por ex.) ou apresentar publicidade direcionada a um tipo de utilizador (como mostrar publicidade de restaurante a um utilizador que visita sites de culinária regularmente, por ex.).

Você detém o poder de desligar os seus cookies, nas opções do seu browser, ou efetuando alterações nas ferramentas de programas Anti-Virus, como o Norton Internet Security. No entanto, isso poderá alterar a forma como interage com o nosso website, ou outros websites. Isso poderá afetar ou não permitir que faça logins em programas, sites ou fóruns da nossa e de outras redes.
Ligações a Sites de terceiros

O Psicologia em Foco pode em algum momento conter ligações para outros sites, os quais, a nosso ver, podem conter informações / ferramentas úteis para os nossos visitantes. A nossa política de privacidade não é aplicada a sites de terceiros, pelo que, caso visite outro site a partir do nosso deverá ler a politica de privacidade do mesmo.

Não nos responsabilizamos pela política de privacidade ou conteúdo presente nesses mesmos sites.

Postagens mais visitadas deste blog

PONTO FINAL?

COMEÇAR DE NOVO

COMEÇAR DE NOVO...

Um novo amor, se dar um tempo para organizar a alma antes de procurar alguém, começar de novo a luta por um sonho que fracassou, começar de novo a aprender algo novo, começar de novo mais segura (o) de si para experimentar e criar mais no mundo. Começar de novo sempre que a Vida, soberana Vida convidar...

AS SABOTAGENS DA MENTE

Nossa mente pode ser nossa amiga ou inimiga, afirma Shizard Chamine, autor do livro Inteligência positiva (Ed. Fontanar).. Apenas 20% das pessoas e equipes alcançam seu verdadeiro potencial. A culpa é dos sabotadores "invisíveis" da mente humana que frequentemente estariam impedindo a realização pessoal e profissional.
Chamine que é presidente do CTI, uma organização mundial de treinamento de coaches é criador do conceito de inteligência positiva, por meio do qual, segundo ele, é possível medir a percentagem de tempo em que a mente funciona a favor ou contra o indivíduo.

Um Quociente de Inteligência Positiva (QP) alto, por exemplo, pode levar a melhores salários, maior projeção na carreira de acordo com estudos que testaram mais de 275 mil pessoas. Chamine ainda demonstra que vendedores com QP alto vendem 37% mais que colegas com QP menor.

Ainda mais: o desenvolvimento da Inteligência positiva daria ao indivíduo uma consciência de que dispõe de muito mais tempo útil do que imag…