Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2017

O TEMPO

"O ser humano é orientado pelo tempo. Porém, é complicado para o ser humano atual orientar-se no tempo. O tempo é pouco para tantas realizações que ele almeja. "Não se pode perder tempo", este precisa ser potencializado ao máximo, extrair dele o maior proveito. Para muitos, comer, dormir é  perda de tempo. Para o ser humano atual, parece que o tempo encurtou; ele precisa de tempo para trabalhar, estudar, cuidar da família, ter lazer... Precisamos ter nova visão do tempo. Ele não é só para ser ocupado, mas para ser vivido, desfrutado (isso é por minha conta, rs). E viver o tempo é parar alguns minutos e deixá-lo passar contemplando o céu, o luar, o mar, as aves voando, as flores perfumando; curtir a sua própria companhia (também por minha conta); ouvir e curtir os filhos, o cônjuge, os amigos. Deste modo, o ser humano vai realmente viver o tempo".
Dra. Ely Barreto, Psicóloga

RELAÇÃO COM OS COLEGAS DE TRABALHO: DEIXANDO UM POUCO DE LADO A FICURA DO LÍDER

Photo by rawpixel.com on Unsplash
Até que ponto é possível estar rodeado de relações tóxicas e isso ser considerado normal, mas no final do dia fica aquele mal estar inexplicável? Na família, nas amizades, o chefe que muitas vezes é analisado em sua conduta nos artigos sobre liderança. Nenhum destes núcleos está isento de ocorrerem estes tipos de situação. 

Há, deste modo  relações tóxicas com colegas de trabalho  produzindo um cotidiano muito difícil, interferindo sensivelmente na produtividade podendo causar até mesmo doenças como ansiedade, estresse e depressão. 

Saiu no jornal um texto muito interessante e que vale compartilhar as reflexões É uma situação delicada que envolve um autoconhecimento das pessoas (ambas partes) envolvidas que podem não perceber o que ocorre, assim como também pode ser deliberado. Veja o link: Colegas que são tóxicos


Existiu no blog algum tempo atrás posts semelhantes

RELAÇÕES ABUSIVAS

BULLYING NO TRABALHO

Regina Bomfim


Comente no blog, compartilhe. Gratidão!

O QUE É FEITO PARA DURAR? E O QUE É BREVE?

É tão difícil lidar com o que é breve por saber que vai ter um fim...
Todo mundo fala  e os tempos velozes comprovam: A vida é breve.
Pessoas falam que antigamente as coisas eram fabricadas para durar e hoje tudo é descartável, até mesmo as relações.

PREVENÇÃO EM PSICOLOGIA AO ALCANCE DE TODOS

PSICOLOGIA, SAÚDE MENTAL, PREVENÇÃO, PROMOÇÃO DE SAÚDE, ARTES E ECOLOGIA. O blog procura trazer estas reflexões. 

Hum... Pensei muito em em deixar ou não este título. Ele soa polêmico? Messiânico?  "A pessoa" quer inventar a roda? Polêmico, pode ser, mas decidi deixá-lo porque minha intenção é  pensar junto, sugerir reflexões acerca do tema saúde procurando ver sempre a pessoa humana como um todo.

SOBRE CONSENTIMENTO: PREVENÇÃO PEDOFILIA

MELHORAR O NOSSO TEXTO: O CAMINHO QUE SE VIVE E ESCREVE AO CAMINHAR

DEPRESSÃO NÃO É FRESCURA

Estima-se que 15 a 20% da população adulta, em algum momento de suas vidas, apresentam sintomatologias depressivas, sendo as mulheres acometidas duas vezes mais, em relação aos homens. Até 2020, a depressão será a doença mais incapacitante do mundo, diz OMS (Organização Mundial da Saúde). Isso significa que quem sofre de depressão tem a sua rotina “virada do avesso”, deixa de produzir e tem a sua vida pessoal bastante prejudicada. Atualmente, mais de 120 milhões de pessoas sofrem com depressão no mundo, sendo que só no Brasil, são 17 milhões. Cerca de 850 mil pessoas morrem, por ano, em decorrência da doença. Esse Transtorno ainda enfrenta preconceito, apesar de afetar mais de 120 milhões de pessoas.

É UM EXERCÍCIO OLHAR A VIDA COM LUCIDEZ MESMO "NO OLHO DO FURAÇÃO": O DESAFIO DE VENCER A NÓS MESMOS AO SOM DE DJAVAN

reflita e dance, porque faço o mesmo...
"Tudo na vida são desafios às resistências.

A' lei da entropia' degrada a energia que tende á consumpção, para manter o equilíbrio térmico de todas as coisas.

O envelhecimento e a morte são fenômenos inevitáveis no cosmo biológico e no universo. Os batimentos cardíacos são desafios à resistência do músculo que os experimenta; os peristálticos são teste constante para as fibras que os sofrem; a circulação do sangue é quesito essencial para a irrigação das células; a respiração constitui fator básico sem o qual a vida perece.

Tudo isso e muito mais, na área dos automatismos fisiológicos, a interferir nos de natureza psicológica.

É natural que o mesmo suceda no campo moral do ser, que nunca retrocede e não deve estacionar sob pretexto algum. No progresso, a evolução é inevitável. A felicidade é o ponto final 

(...)

O crescimento de qualquer ideal é resultado de estágios inferiores vencidos, das etapas superadas, dos desafios enfrentados. 
Joann…

É MUITO FÁCIL OPINAR DA VIDA DOS OUTROS: IRRESISTÍVEL ILUSÃO

"As opiniões constituem o principal impedimento do exercício do pensamento vivo porque produzem supostas certezas sobre tudo aquilo que imaginamos ser e sobre tudo aquilo que imaginamos experimentar. Muitas vezes aquilo que julgamos ser uma experiência não passa de representações de experiências anteriores ou de idealizações daquilo que queremos voluntariamente experimentar. Toda expectativa se apresenta não como a busca de uma experiência, mas sim como busca de representações ou da repetição de experiências passadas." (Jadir Lessa)



HUMANIDADE

Não posso e nem quero dar conta de tudo e nesta trilha da busca pelo essencial que sempre fique a verdade. Meus limites, minha ignorância, meus vacilos são parte da minha humanidade. Meu ego que quer competir e se exaltar, pede para calar, mas eu falo. É com verdade que quero estar frente a frente com o mundo e ao dizer eu errei, eu possa aprender e construir relações francas e semear a franqueza e a simplicidade e assim deixe fluir a minha humanidade.
Regina Bomfim

O EU É DINÂMICO: UM TOQUE DE ARTE

" O Eu está sempre a mover-se ou a tornar-se. É um zero e uma estaticidade e, ao mesmo tempo um infinito, a indicar que se move o tempo todo. O Eu é dinâmico."

D. T. Suzuki, E. Fromm e R. De Martino

ALEGRIAS E TRISTEZAS

Photo by Dmitry Ratushny on Unsplash

"As alegrias que fecundam outras são as que estão sustentadas por tristezas bem resolvidas."


Padre Fábio de Melo

TÁ PUXADO?!

Photo by Vicente Núñez on Unsplash
Seja afetuoso consigo mesmo. você está fazendo o seu melhor. Antes de terminar todos os dias, dê a si mesmo algum agrado simples.

Regina Bomfim

NATUREZA E POESIA: APENAS

Photo by Boris Smokrovic on Unsplash


Pequena flor
Cecília Meireles - Livro: Vaga Música

Como pequena flor que recebeu uma chuva enorme
e se esforça por sustentar o oscilante cristal das gotas
na seda frágil, e preservar o perfume que aí dorme

e vê passarem as leves borboletas livremente
e ouve cantarem os pássaros acordados sem angústia,
e o sol claro do dia as claras estátuas beijando sente,

e espera que se desprenda o excessivo tímido orvalho
pousado trêmulo, e sabe que talvez o vento
a libertasse, porém a desprenderia do galho,

e nesse temor e esperança, aguarda o mistério transida
- assim repleto de acasos e todo coberto de lágrimas
há um coração nas lânguidas tardes que envolvem a vida.


Se gostou, deixe seu comentário aqui no blog, compartilhe. 

Os posts acontecem sempre às segundas 8h. Gratidão por visitar o blog!

POSTS PROGRAMADOS NO PERÍODO DE FESTAS

Photo by freestocks.org on Unsplash

Olá queridos leitores, como têm sido esta maratona de festas? Tive a ideia de fazer uma mistura de posts novos e antigos que já estão programados. Eles vão acontecer diariamente a partir do dia 19/12 até 01/01 às 8h para quem acessar diretamente o blog ou se inscrever para receber o Feed.

Quem costuma acompanhar o blog pelas redes sociais os posts de compartilhamento acontecem mais tarde quando tenho alguma pausa.

Antes de tudo, quero agradecer a você leitor pela atenção ao meu blog. É bom saber que você está aí do outro lado, que você deu uma olhadinha, saiba que pra mim isso faz toda a diferença que mesmo nesta rápida olhada, você pode ter encontrado uma frase ou uma palavra que fez diferença em alguma reflexão sua e uma semente foi plantada em sua alma. Sabe, fico muito feliz se ao menos conseguir deixar uma semente.

Evidentemente, gostaria de uma maior participação sua, que o blog crescesse, mas sinto que ele cresce no ritmo que tem que crescer. O m…

SOBRE AS FESTAS DE FIM DE ANO

"(...)
Muita coisa a gente faz seguindo o caminho que o mundo traçou, seguindo a cartilha que alguém ensinou seguindo a receita da vida normal.

Mas o que é vida afinal?
Será que é fazer o que o mestre mandou, é comer o pão que o diabo amassou, perdendo da vida o que tem de melhor?"

Carlos Colla e Gilson - autores da canção Verdade Chinesa

O fim de ano chegou e está aberta a temporada das festas. Os enfeites, o movimento nas ruas, as propagandas quase sempre com o cenário da família numerosa, feliz e com uma mesa farta. Este é o modelo de festas que costumamos ter em mente ou que nos ensinam a considerar "o perfeito" e algumas pessoas fazem grandes sacrifícios para se enquadrar. Todavia importa pensar em quem não pode cumprir à risca este modelo.

As festas de fim de ano são para algumas pessoas no mundo, catalizadoras de processos depressivos. A onda de comemorações que em geral motivam reuniões familiares e de amigos, costumam causar profunda angústia para pacientes com histó…

SAÚDE MENTAL: POR ONDE ANDA?

Photo by Ricardo Gomez Angel on Unsplash Faz tempo que não uso texto  transcrito, mas a força das palavras se misturam com a força do sofrimento psíquico vivido pelo portador de transtornos mentais graves e daqueles que possuem o vício em álcool e em outras drogas cuja, existência se encontra devastada num grau que  move uma procura desesperada por ajuda para  começar uma nova história.
São transtornos mentais presentes em todas as classes sociais, mas a falta de recursos traz para a jornada destas pessoas muitas incertezas quanto à continuidade do tratamento.
O atendimento a estas pessoas com doenças em estado grave, é por si só um caminho que nunca é  linear, pois além de contar com os medicamentos necessários, há também a possibilidade de reações adversas assim como a adesão do paciente e familiares (quando os tem) ao tratamento. Aceitar que precisa e decidir procurar ajuda geralmente antecede a muitos combates internos, às vezes a um cansaço ou o que for, mas é um momento de poder …