Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2013

O QUE ALIMENTA A ANSIEDADE: O DIÁLOGO INTERIOR (OUSO DIZER, UM DOS ELEMENTOS PRINCIPAIS)

Por Regina Bomfim

Como anda a conversa que você vem tendo consigo mesmo? Já reparou quais coisas que em geral habitam sua mente ao longo do dia? São vários os fatores de risco que predispõem uma pessoa a desenvolver o transtorno de ansiedade. Estas questões acima se referem ao que é chamado de crenças pessoais. A escolha de tratar deste item em especial é por compreender ser este fator, o alvo principal da psicoterapia.

Todos nós ao longo do dia travamos um diálogo silencioso conosco mesmo chamado solilóquio. Na maioria das vezes, quem tem transtorno de ansiedade possui uma conversa negativa e isto acaba alimentando tudo o que se relaciona ao transtorno. É um círculo vicioso de pensamentos e sentimentos negativos gerando atitudes que fazem o indivíduo se tornar cada vez mais refém da ansiedade.

Em geral, as pessoas excessivamente ansiosas são bastante inseguras, se achando desequipadas para enfrentar o que as aflige de frente e realizar grandes transformações na sua vida, nutrem um con…

A IDEOLOGIA DO CONSUMO NA ESCOLA

Por Rosely Sayão

Fonte: Folha de São Paulo

Nos últimos dias, duas mães me contaram fatos acontecidos nas escolas que os filhos frequentam e que as deixaram bem aborrecidas. São dois exemplos que podem nos ajudar a pensar a respeito do papel da escola no mundo contemporâneo.

A primeira mãe contou que seu filho está num dos últimos anos do ensino fundamental e que a escola tem, anualmente, um evento que envolve as ciências da natureza.

Essa é --ou pode ser-- uma atividade muito boa para os alunos, que precisam usar os conceitos que aprendem na teoria de um modo prático e apresentar o trabalho aos visitantes do evento --em geral pais e parentes--, o que colabora para o desenvolvimento da linguagem oral ligada ao conhecimento.

Essa mãe, de um modo geral, apreciou bastante o acontecimento e ficou orgulhosa da participação do filho. Acontece que, dias depois, a escola enviou aos pais um questionário com o título "Pesquisa de Satisfação", com perguntas referentes ao evento que iam do us…

VERDADE E IMPÉRIOS

Verdades... Quantos impérios conheceram o apogeu e a obscuridade no mundo?  As verdades construídas sob o impacto da emoção, através de familiares, líderes são apenas verdades que coabitam entre milhares de outras verdades onde não necessariamente é preciso aniquilar o que parece destoar. Que as verdades sejam livres para serem a seu modo. como as árvores, as flores e os bichos. O diverso é bem vindo. Tudo isso, na verdade, é um exercício porque no íntimo, muitas vezes há o desejo de que o que é defendido por cada um vença. e não precisa ser uma coisa ou outra...


Regina Bomfim

RELAÇÃO PSICÓLOGO CLIENTE

" É necessário que se permita ao paciente desenvolver seus próprios caminhos e verdades, sem nenhuma tentativa de enredá-lo no  campo abusivo dos arbítrios téoricos. A psicoterapia, dessa forma lega ao paciente a sua condição de homem, fazendo com que essa condição seja norma de toda a sua conduta terapêutica. O paciente assim é respeitado de forma única, na medida em que pode descobrir as coisas de seu mundo, e dessa forma, abrir seu campo perceptivo para os fenômenos que fazem parte da sua existência, buscando alternativas dentro daquilo que ele considera como verdadeiro. Não se impõe ao paciente normas e padrões de comportamento, nem tampouco procura-se acoplá-lo a teorias pré-existentes e pré-concebidas numa total revelia à sua própria existência (...)". Cancello, L. A. G. , " O fio das palavras, Summus Editorial, São Paulo, 1971.

RELAÇÃO DOS SINTOMAS DA ANSIEDADE COM OUTRAS ALTERAÇÕES FÍSICAS: UMA POSSIBILIDADE QUE DEVE SER VERIFICADA

Quando uma pessoa traz uma queixa de ansiedade como sendo causadora de transtornos e limitações no seu cotidiano, é necessário observar com cuidado o funcionamento dos sistemas nervoso (central e periférico), sistema imunológico, sistema endócrino e sistema cardiovascular.
Quando se fala em ansiedade excessiva ou patológica é importante verificar a possibilidade de um (ou mais) destes sistemas funcionais estarem comprometidos.

1) SISTEMA NERVOSO CENTRAL E PERIFÉRICO - Corresponde ao cérebro (neurônios, sinapses, substâncias neurotransmissoras, células de sustentação etc) e as fibras nervosas que ligam o cérebro aos músculos e órgãos do nosso corpo. As alterações observadas neste sistema provocando ansiedade excessiva definimos como Transtorno de Ansiedade.

2) SISTEMA ENDÓCRINO OU GLANDULAR - Corresponde ao sistema que regula as funções reprodutivas e metabólicas tais como a menstruação e a eficiente transformação do alimento em energia a ser distribuída para todo o organismo. As glândul…