Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2017

SAUDAÇÕES À PRIMAVERA: UM TOQUE DE ARTE

Photo by Joel Filipe on Unsplash Não sei quantas almas tenho Não sei quantas almas tenho. Cada momento mudei. Continuamente me estranho. Nunca me vi nem acabei. De tanto ser, só tenho alma. Quem tem alma não tem calma. Quem vê é só o que vê, Quem sente não é quem é,
Atento ao que sou e vejo, Torno-me eles e não eu. Cada meu sonho ou desejo É do que nasce e não meu. Sou minha própria paisagem; Assisto à minha passagem, Diverso, móbil e só, Não sei sentir-me onde estou.
Por isso, alheio, vou lendo Como páginas, meu ser. O que segue não prevendo, O que passou a esquecer. Noto à margem do que li O que julguei que senti. Releio e digo: “Fui eu?” Deus sabe, porque o escreveu.
( Fernando Pessoa )

RELAÇÃO HOMEM E NATUREZA

Photo by NASA on Unsplash Furacões, tsunamis, terremotos, desmatamentos... Notícias que nos chegam de tempos em tempos. Estes fenômenos costumam deixar a todos perplexos.
 O homem vendo-se como um ser superior à natureza, que conseguiu controlar, tendo com a mesma uma relação apenas extrativista, predatória. É possível observar que esta visão da natureza como coisa a ser usada, uma das mais fortes marcas da fundação do Ocidente Judaico-Cristão. 
O Humanismo foi um importante movimento intelectual do Renascimento ocorrido no final do séc XIV ao início do séc XVII impulsionado pelos avanços nas navegações, nas artes, na política, entre outros que coloca o homem como o pináculo, o ponto mais alto de toda criação, dando um "pontapé inicial", influenciando fortemente no desenvolvimento de uma psiquê coletiva que a partir daí passou a acreditar num sentimento antropocêntrico de supremacia sobre todos os outros "companheiros de jornada evolutiva" com quem compartilhamos a…

PSICOFOBIA: O PESO DAS PALAVRAS PODE MACHUCAR

Photo by Ian Espinosa on Unsplash
PSICOFOBIA - O QUE É?  A psicofobia é o preconceito contra pessoas que sofrem de transtornos mentais e está mais presente no dia a dia do que imaginamos. Aparece quando alguém diz que está fazendo terapia e alguém pergunta a razão num tom de pena ou então ironiza, rejeita. Como a palavra preconceito se explica em sua própria estrutura, é fruto do desconhecimento que causa rejeição e como qualquer tipo de prejulgamento, causa prejuízos a quem sofre. Nem sempre buscar atendimento psicológico implica ter um transtorno mental grave, mas não é disso que vamos falar.  De modo geral, a procura se dá quando o sofrimento já afeta de modo significativo a qualidade de vida do indivíduo. Costuma ser uma atitude muito pensada e quando comunicada a familiares e amigos acontecem as ironias, o pensamento "é frescura" e os relatos daqueles que "passaram por situações piores e venceram". É para muitos assinar um" atestado de fraqueza, de total inc…

O ESTRESSE E O RITMO DA VIDA

Na semana retrasada, minha mão direita doía muito, a ponto de não conseguir realizar tarefas banais como girar a maçaneta da porta e abotoar minha roupa. Fui ao médico que me prescreveu remédios fortíssimos, mais ressonância e fisioterapia que ainda não comecei. Início de tendinite. Nunca havia tomado um comprimido sublingual na vida. Foi um dia que transcorreu mais "desacelerado. Os remédios começaram a fazer efeito no segundo dia. 

No auge das dores, fiz uma retrospectiva do que poderia ter acontecido e observei que vinha digitando muito rápido, além de perceber que estava me impondo uma velocidade na solução de certas questões, jogando essa "rapidez nas tarefas diárias. Observei em mim tensões que estavam na minha alma e estas estavam governando meus sentimentos, meus atos, atingindo meu corpo. Em geral, entendemos a dor no corpo como o sinal mais visível e aí foi possível observar esta integração mente - corpo. Pude perceber que estava desrespeitando meu ritmo. Você já te…