Será mesmo que obesidade tem a ver apenas com nível de escolaridade?




Pela primeira vez, excesso de peso supera 50% da população do país
Pesquisa do Ministério da Saúde indica aumento significativo de obesos e pessoas com sobrepeso ao longo de seis anos

O número de brasileiros acima do peso recomendado passou da metade da população, pela primeira vez, de acordo com a pesquisa realizada anualmente pelo Ministério da Saúde.
A pesquisa Vigitel 2012 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) aponta que 51% da população acima de 18 anos está acima do peso ideal.

Isso ocorre quando a pessoa tem IMC (ìndice de Massa Corpórea) maior que 25. Acima de 30 já se considera obesidade, conforme o parâmetro, calculado pelo peso em relação à altura.


O levantamento é feito através de pesquisa telefônica com 45 mil habitantes das 27 capitais.
O sobrepeso atinge mais os homens (54,4%) do que mulheres (48,1%). A obesidade, porém, é mais frequente nelas (18%) do que neles (16%), segundo a Vigitel.

Recife (53,3%), Rio de Janeiro (52,4%) e São Paulo (52,1%) estão ligeiramente acima da média nacional de sobrepeso. O Distrito Federal está abaixo, com 46,6%. A situação se repete em relação à obesidade, com 19,5% no Rio, 17,*% em São Paulo, 17,7% no Recife e 14,3% no Distrito Federal.

Os dados também apontam que o peso relativo diminui com o aumento da escolaridade. Uma das explicações é que 45% da população com mais de 12 anos de estudo praticam atividade física contra só 21% daqueles com até oito anos de colégio.




CRESCIMENTO PARA OS LADOS   

Sobrepeso       43%                51%     
Obesidade        11%                17%   

  • 2006      
  • 2012  

Fonte: Destak

Regina Bomfim
Psicóloga Clínica - Adolescentes, Adultos e Terceira Idade
bomfimregina2@gmail.com
(21) 8186-1952

Comentários