O MUNDO PRECISA DE MENSAGENS POSITIVAS: UM TOQUE DE ARTE

Não se incomode O que a gente pode, pode O que a gente não pode explodirá A força é bruta E a fonte da força é neutra E de repente a gente poderá
Realce, realce Quanto mais purpurina melhor Realce, realce Com a cor-do-veludo, com amor Com tudo de real teor de beleza Realce, realce, realce, realce Realce, realce, realce, realce
Não se impaciente O que a gente sente, sente Ainda que não se tente afetará O afeto é fogo E o modo do fogo é quente E de repente a gente queimará
Realce, realce Quanto mais parafina melhor Realce, realce Com a cor-do-veludo, com amor Com tudo de real teor de beleza Realce, realce, realce, realce Realce, realce, realce, realce
Não desespere Quando a vida fere, fere E nenhum mágico interferirá Se a vida fere Com a sensação do brilho De repente a gente brilhará
Realce, realce Quanto mais serpentina melhor Realce, realce Com a cor-do-veludo, com amor Com tudo de real teor de beleza Realce, realce, realce, realce

Não sei bem qual é o público que lê o blog. Ainda não fiz este estudo. Pode ser que vocês l…

Vi no grupo da psicóloga Sabina Vanderlei PSIC-COLÓGICA: É um tipo de discussão que me interessa

I Colóquio da Pós-Graduação em Psicologia Clínica da PUC-Rio

PSICOLOGIA E POLÍTICA:
UM DEBATE TRANSDISCIPLINAR

Política da psicologia: como pensar a multiplicação de correntes,
disciplinas e escolas teóricas? As várias psicanálises, as terapias
cognitivo-comportamentais, as terapias corporais, as terapias familiares,
gestalt-terapias, dentre outras, o diálogo com a filosofia, com o direito,
com a empresa, com as artes... Como fugir ao duplo impasse: disputa entre
diversas escolas - cada uma fechando-se sobre si mesma - ou relativismo
radical, onde as diferenças reais são anuladas?

Psicologia da política: não apenas a política dos partidos e governantes,
mas também a construção de nossos cotidianos e hábitos, a ética das
singularidades ou a moral dos padrões e maiorias. Os investimentos
desejantes são sociais, políticos ou micro-políticos. Mas, sob que
condições?

Certamente, é na ausência de consenso entre as diversas correntes teóricas,
dentro e fora da psicologia, e na multiplicação das sintomatologias,
diagnósticos e terapêuticas para o mundo atual, que pode haver debate,
criação e desejo.

Evento gratuito!

Vagas limitadas

inscrições pelo email:

coloquiopsicologiaepolitica@yahoo.com.br
Data: 04/12/2009
Horário: 08:30h às 19:00h.
Local: Sala 201L (Depto. de Psicologia da PUC-Rio)

Discentes Pós-Graduação Psicologia PUC-Rio

Comentários