JANEIRO BRANCO: MÊS DA SAÚDE MENTAL, SAÚDE MENTAL SEMPRE

Recebi este GIF via Whatsapp, espero que funcione na sua mídia
Falar de saúde mental é compreender que esta é, sem medo de ser audaciosa em minha posição, o território, o recurso natural, a tecnologia mais valiosa da existência que cabe ao ser humano explorar. Como ainda somos estrangeiros dentro de nós mesmos, apesar dos  importantes avanços que somos capazes de criar. 

As perspectivas de crescimento dos transtornos mentais e seus inegáveis danos à saúde e à produtividade por cada vez mais incapacitarem ao trabalho e ao desfrutar da vida, torna-se cada vez mais algo que não mais pode ser ignorado, daí a iniciativa de transformar o mês de Janeiro no mês da Saúde Mental -  JANEIRO BRANCO.

Em muitas ocasiões o PSICOLOGIA EM FOCO falou sobre o quanto se tornou insustentável manter a separação corpo e alma - O penso, logo existo de Descartes, somado a todos os pensadores que forjaram a estrutura e o funcionamento do Ocidente, tem se mostrado ineficaz ao longo dos anos para dar conta da comp…

A ARTE DE NÃO "PROCURAR CABELO EM OVO" E NEM "ENXUGAR GELO": A ARTE DE SER LEVE



É legal a pessoa que tem como filosofia de vida descomplicar. Descomplicar tem muito de saber o que é seu e o que é do outro. Como diz Gonzaguinha na canção, "se é pra ir vamos juntos, se não é já não nem aqui. É aprendizado. Gonzaguinha, filho do compositor e cantor Luiz Gonzaga, cuja relação foi tratada em filme recente, também era um compositor excelente, franco sem meias palavras que surgiu nos festivais universitários. Suas letras de protesto  e românticas tinham um lirismo e ao mesmo tempo intensidade confessional de quem procurou retratar o mundo, seus sentimentos, suas resoluções diante da vida. Sem dúvida está na galeria dos grandes da nossa música popular.

Descomplicar, escolher a leveza é uma conquista de quem pode até um dia ter complicado, mas essa sinceridade no caminho é fundamental na arte de viver. Dedico este texto a uma pessoa que passou pela minha vida e deixou esse ensinamento. Isso era tão parte dele que com certeza nem teve essa pretensão.

Regina Bomfim - Psicóloga
(21) 9 9489-2311 / 9 8186-1952
facebook.com/psicologiaemfoco1
bomfimregina2@gmail.com

Comentários