JANEIRO BRANCO: MÊS DA SAÚDE MENTAL, SAÚDE MENTAL SEMPRE

Recebi este GIF via Whatsapp, espero que funcione na sua mídia
Falar de saúde mental é compreender que esta é, sem medo de ser audaciosa em minha posição, o território, o recurso natural, a tecnologia mais valiosa da existência que cabe ao ser humano explorar. Como ainda somos estrangeiros dentro de nós mesmos, apesar dos  importantes avanços que somos capazes de criar. 

As perspectivas de crescimento dos transtornos mentais e seus inegáveis danos à saúde e à produtividade por cada vez mais incapacitarem ao trabalho e ao desfrutar da vida, torna-se cada vez mais algo que não mais pode ser ignorado, daí a iniciativa de transformar o mês de Janeiro no mês da Saúde Mental -  JANEIRO BRANCO.

Em muitas ocasiões o PSICOLOGIA EM FOCO falou sobre o quanto se tornou insustentável manter a separação corpo e alma - O penso, logo existo de Descartes, somado a todos os pensadores que forjaram a estrutura e o funcionamento do Ocidente, tem se mostrado ineficaz ao longo dos anos para dar conta da comp…

SEGUINDO EM FRENTE E OS "ENTULHOS" DA ALMA: COM TOQUE DE ARTE





"As cargas mentais negativas possuem a nefasta força de desorganizar as engrenagens psicológicas e físicas do ser (...).

Recordações desagradáveis pensamentos perturbadores, ideias viciosas, frases deprimentes de ontem ressumam como necessidades de queixas, ressentimentos guardados, iras conservadas, depreciação de si mesmo, desamor, um conjunto de ingredientes destrutivos que terminam por desorganizar o ser que se lhe permite vitimar (...)

Não se pode evitar o haver nascido num lar agressivo, entre pessoas hostis, sob injunções sócio-morais e econômicas penosas (...).

Não podes e nem deves incorporar à existência os vaticínios danosos que te fizeram, as expressões chulas que te dirigiram, as frases deprimentes que te endereçaram, as agressões verbais morais e físicas de que foste vítima (...).

Dá-te a oportunidade de provar a ti mesmo quanto possuis e conseguirás produzir (...)."

Joanna de Ângelis

Comentários