O JOVEM E A ESCOLHA PROFISSIONAL


A preparação para o vestibular, o momento da escolha da profissão. O jovem pode vivenciar incertezas e inseguranças relativas ao futuro.


Os tempos atuais nos acenam com mudanças com o marco do capitalismo e a evolução tecnológica, nas relações de trabalho e sua organização, não poderia ser diferente. Antes, seguir a profissão dos pais era o esperado e pensar em escolha profissional era algo inexistente. As relações familiares também passam por mudanças dando ao jovem a voz responsabilizando-o por suas escolhas e a concretização da sua carreira profissional.

Assim, escolher uma profissão é uma decisão da maior importância, pois o tornar-se adulto começa a se tornar um fato cada vez mais próximo, com a construção de uma consciência de si e da possibilidade de idealizar antecipadamente seu futuro, cumprindo o seu papel ocupacional. E a sociedade espera que o jovem faça a "melhor" escolha possível.

O jovem neste processo não deve optar só por um curso ou por uma atividade que poderá desempenhar no seu futuro trabalho, mas também um estilo de vida, uma determinada rotina e ambiente de trabalho que fará parte da sua vida. Tudo isso pode gerar sofrimento pois o jovem algumas  vezes não está preparado para este tipo de escolha. Neste período podem surgir conflitos, ansiedade, além da elaboração de lutos, pois todo ato de escolher envolve renunciar outras possibilidades.

Resultado de imagem para orientação profissionalÉ na fase da juventude que a escolha profissional ocorre em nossa sociedade podendo ser permeada por influências do grupo familiar, escola e amigos sendo importante observar este e outros conjuntos de forças nem sempre evidentes, mas que podem acabar interferindo na sua escolha.

O jovem nesta busca por sua profissão, pode vivenciar situações capazes de produzir sofrimento, sentindo-se incapaz de responder às demandas relativas a esta fase, pois desconhece muito dos cursos disponíveis no mercado de trabalho necessitando muitas vezes buscar estratégias para lidar com este momento necessitando buscar o autoconhecimento para definir seu projeto de vida profissional. Diante de tantas dúvidas que podem surgir, a Orientação Profissional pode vir a ter um papel fundamental de informar e orientar a respeito das profissões, mercado de trabalho etc.

O jovem pode sozinho pesquisar sobre as profissões que lhe interessam, visitar empresas, falar com profissionais etc mas a Orientação Profissional pode ser um caminho que pode ajudá-lo a compartilhar as ansiedades vividas no momento, as interferências na tomada de decisões, se conhecendo, identificando o seu perfil e interesses profissionais, bem como construir uma visão mais realista de si, do mercado de trabalho e da profissão escolhida se sentindo mais seguro na tomada de decisão sobre o seu futuro profissional.