JANEIRO BRANCO: MÊS DA SAÚDE MENTAL, SAÚDE MENTAL SEMPRE

Recebi este GIF via Whatsapp, espero que funcione na sua mídia
Falar de saúde mental é compreender que esta é, sem medo de ser audaciosa em minha posição, o território, o recurso natural, a tecnologia mais valiosa da existência que cabe ao ser humano explorar. Como ainda somos estrangeiros dentro de nós mesmos, apesar dos  importantes avanços que somos capazes de criar. 

As perspectivas de crescimento dos transtornos mentais e seus inegáveis danos à saúde e à produtividade por cada vez mais incapacitarem ao trabalho e ao desfrutar da vida, torna-se cada vez mais algo que não mais pode ser ignorado, daí a iniciativa de transformar o mês de Janeiro no mês da Saúde Mental -  JANEIRO BRANCO.

Em muitas ocasiões o PSICOLOGIA EM FOCO falou sobre o quanto se tornou insustentável manter a separação corpo e alma - O penso, logo existo de Descartes, somado a todos os pensadores que forjaram a estrutura e o funcionamento do Ocidente, tem se mostrado ineficaz ao longo dos anos para dar conta da comp…

Humanização do Cuidar por Luciana Bertachini, Fonoaudióloga


A humanização nos ambientes hospitalares, clínico e domiciliar oferece bem-estar e dignidade ao paciente idoso e sua família. A capacidade técnico-científica dos profissionais da saúde deve ser colocada em prática considerando acima de tudo o ser humano, assim surge a habilidade de cuidar do paciente, conferindo-lhe "palavra", o direito de se comunicar e de ser reconhecido. Fundamental "escutar" o idoso, para reconhecer e acolher a sua individualidade, sua saúde biográfica, expectativa e preparação frente ao envelhecimento. Surge a comunicação como fator de humanização da terceira idade. Importante reconhecer e interpretar os sinais não-verbais (voz, olhar, postura, física, o andar...) e verbais: a palavra, seu significado.

Projeto Voz

Comentários